Páginas

29 de julho de 2015

Campos dos Goytacazes possui mais um baobá

Foto: Danielly Tomaz dos Santos

Essa é o resultado da análise fisionômica da árvore localizada em Campos dos Goytacazes/RJ no Shopping Estrada, atrás das plataformas da 1001. A árvore encontra-se solitária em meio a espécies exóticas e frutíferas de menor porte.

A árvore do Shopping estrada pela análise comparativa de esquemas botânicos aparenta ser da espécie Adansonia gregorii (syn. A. gibbosa), conhecido como Boab ou Baobá Australiano.

O fotógrafo Wellington Cordeiro está utilizando seu conhecimento no campo fotográfico para melhor esclarecer a identidade da planta, mas a análise já feita indica fortemente ser esta árvore um segundo baoba em Campos dos Goytacazes.

Planta semelhante localiza-se em Itaperuna/RJ-centro. Análise fisionômicas iniciais indicam ser esta espécime da especie Adansonia perrieri.

Profissionais da área florestal, ciências ambientais e botânica estão sendo mobilizados para a confirmação da espécie. 

Se tudo se confirmar o estado do Rio de Janeiro ganha o reconhecimento de mais dois baobás.

A árvore foi identificada pela letrada Danielly Tomaz dos Santos. Danielly atuou como bolsista de extensão junto ao Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) fazendo toda a pesquisa acerca da árvore e elaborando o material informativo e divulgação do ato em defesa ao primeiro baobá em 2014. 

O baobá


O baóbá é uma planta natural do continente africano, com dispersão em todo o mundo, em especial na Austrália e ilha de Madagascar. Em Madagascar encontra-se a maior diversidade natural sendo centro de origem de seis das 08 especies registradas.

Costumeiramente a planta de Baobá é associada a espécie Adansonia digitata (Baobá Africano), mas nem sempre trata-se dessa especie. As oito especies são: 

Adansonia digitata - Baobá Africano (África Central e Austral);

Adansonia grandidieri - Baobá de Grandidier (Madagascar);
Adansonia gregorii (syn. A. gibbosa) - Boab ou Baobá Australiano (Noroeste da Austrália);
Adansonia madagascariensis - Baobá de Madagascar (Madagascar);

Adansonia perrieri - Baobá de Perrier (Madagascar);
Adansonia rubrostipa (syn. A. fony) - Fony Baobab (Madagascar);
Adansonia suarezensis - Baobá Suarez (Madagascar);
Adansonia za - Za Baobab (Madagascar).

O baobá do canal Campos-Macaé


O baoba localizado no canal Campos-Macaé e sua preservação foram o alvo de ato público ocorrido em 19 de março de 2014, organizado pelo NEABI-UENF e pelo fotografo Wellington Cordeiro (Diretor de Cultura da Associação de Imprensa de Campos, e pesquisador do UNIFLU-FAFIC e IF Fluminense). o ato mobilizou a sociedade campista pela preservação de mais esse patrimônio histórico e cultural do município.

A árvore foi identificada em 2012 pelo viveirista Gilberto Vasconcelos, mas apenas em 2014 a sociedade campista despertou para a preservação desse patrimônio natural e cultural vivo em seu território.

O baobá foi registrado como Patrimônio Histórico e Cultural de Campos dos Goytacazes/RJ, através da resolução COPPAM n° 010 de 18 de fevereiro de 2014 publicada no D.O. municipal em 21 de fevereiro.


Danielly Tomaz dos Santos é formada em Letras - Lingua Portuguesa pela UFCG, e fez parte da equipe do NEABI-UENF sendo responsável pela montagem do banco de dados do núcleo sobre o tema baobá.
--
Danielly Tomaz dos Santos
Observatório Soberania Ambiental
Nosso Ambiente!